Quais erros comuns o Ransomware pode infiltrar-se nos sistemas

Ransomware é uma das ameaças mais importantes da rede. Como sabemos, é um tipo de malware que visa criptografar nossos arquivos. Em troca de poder acessá-los, ele pede um resgate financeiro. É assim que os cibercriminosos lucram. É, em suma, uma ameaça que pode comprometer seriamente nossos sistemas e nos fazer perder arquivos. Neste artigo, falaremos sobre quais erros os usuários cometem e o que pode nos tornar vítimas desse problema.

Erros que cometemos e favorecemos ransomware

Não apenas quando se trata de falar sobre ransomware, mas também sobre qualquer outra ameaça, somos os próprios usuários que às vezes cometem erros que tornam a tarefa mais fácil para os cibercriminosos. É vital que consideremos medidas básicas e de senso comum. É por isso que queremos mencionar quais são as erros mais comuns nós fazemos e isso pode nos expor.

Ransomware

Acesse links suspeitos

Uma maneira muito comum de nos infectar com algumas ameaças, como o ransomware, é através links perigosos . Por exemplo, pode chegar um link que nos direciona para uma página configurada para fazer o download de um arquivo que é realmente ransomware. Esse tipo de link malicioso pode ser recebido por email, redes sociais ou até mesmo plataformas de mensagens instantâneas.

Portanto, devemos ter muito cuidado com os links que acessamos. Sempre devemos garantir que estamos em sites legítimos e evitar o login ou o download de arquivos de links nos quais não podemos confiar.

Baixe software de fontes não oficiais

Também é muito comum sermos vítimas de ransomware quando download de software de fontes não oficiais. Esse é um problema muito frequente, pois temos à disposição muitas páginas e plataformas das quais podemos baixar programas e ferramentas. Agora, nem todos eles estarão seguros.

É por meio de downloads uma das fontes mais importantes de ameaças, e devemos cuidar disso. Nosso conselho é sempre baixar o software de sites legítimos, lojas oficiais e de garantia.

Errores comunes del ransomware

Não mantenha o equipamento atualizado

Existem muitas vulnerabilidades que podemos encontrar ao navegar na Internet. Segurança podem ocorrer violações que comprometam nosso equipamento. Os hackers costumam aproveitar esses erros, essas vulnerabilidades, para distribuir suas ameaças.

O ransomware é uma dessas ameaças que podem tirar proveito de possíveis vulnerabilidades em um computador Portanto, é essencial que sempre tenhamos as versões mais recentes e todos os patches instalados. Somente dessa maneira podemos ser protegidos contra esses tipos de problemas que possam surgir.

Acredite que antivírus é suficiente

Certamente é um erro muito comum. Não estamos falando apenas de ransomware, mas de qualquer ameaça. Muitos usuários acreditam que, tendo um antivirus no sistema deles, eles já estão protegidos contra todas as ameaças. A realidade é não.

É claro que ter um antivírus é essencial. Não importa qual sistema operacional ou dispositivo estamos usando, precisamos ter um bom antivírus. Mas lembre-se de que também existem outras ferramentas de segurança que podem nos ajudar e, principalmente, o senso comum. É inútil ter o melhor antivírus se, mais tarde, cometermos alguns erros como estamos vendo.

Usando pen drives em computadores públicos

Outro erro que pode colocar nossos computadores em risco e ser a entrada para o ransomware é o uso de pen drives em computadores públicos. O mesmo também aconteceria se deixarmos uma memória USB para outra pessoa. É possível que esses sistemas estejam infectados e, por sua vez, possam infectar USB flash drive que usaremos posteriormente em nosso computador.

Nosso conselho é tomar precauções sempre que vamos usar um computador público, como ao imprimir documentos em uma loja de cópias.

Baixe jogos ou filmes piratas

Esse é outro dos problemas mais comuns. Está um pouco sintonizado com o que mencionamos anteriormente sobre o software de fontes não oficiais. No entanto, agora nos concentramos em baixar jogos ou filmes pirateados.

Muitas plataformas podem oferecer a capacidade de baixar um jogo pirata, por exemplo. No entanto, quando você instala, quando abre os arquivos, o conteúdo pode ser malicioso. É possível que, em resumo, o que estamos abrindo seja um ransomware.