Você pode ter problemas ao usar VPN e contas bancárias

Usando um VPN pode ser benéfico para aumentar a segurança em várias situações. Por exemplo, ao conectar-se a uma rede Wi-Fi pública, é aconselhável usar uma VPN para proteger suas informações pessoais de possíveis intrusos. No entanto, pode haver alguns desafios ao acessar serviços específicos, como serviços bancários online, enquanto estiver conectado a uma VPN em seu dispositivo móvel.

Mas o que exatamente é uma VPN? É um aplicativo que criptografa sua conexão e mascara seu endereço IP, basicamente fazendo parecer que você está navegando de um local diferente. Por exemplo, se você estiver fisicamente na Espanha, mas se conectar a um servidor VPN localizado no Japão, os sites que você visitar e os aplicativos que usar o tratarão como se estivesse acessando-os do Japão.

usar aplicativos com VPN

Alguns aplicativos não acompanham VPN

Certos aplicativos podem não funcionar corretamente quando conectados a uma VPN, especialmente se você estiver usando um servidor localizado em outro país. Isso é particularmente verdadeiro para aplicativos bancários e é impulsionado principalmente por questões de segurança. Os bancos visam impedir o acesso não autorizado às contas dos usuários, portanto, se detectarem uma conexão de um endereço IP distante do seu país de residência, poderão bloqueá-la por motivos de segurança.

Esse fenômeno é observado não apenas nos grandes bancos, mas também nos menores e menos conhecidos. No caso dos bancos espanhóis, especificamente, o uso de um endereço IP de fora da União Europeia pode fazer com que o aplicativo pare de funcionar, impedindo o login.

Portanto, se você planeja usar uma VPN e acessar sua conta bancária, é importante estar ciente de que poderá encontrar dificuldades. Seu banco pode bloquear a conexão, impedindo-o de realizar tarefas como enviar uma transferência bancária ou verificar seu saldo.

Essa medida de segurança é semelhante a situações em que o uso do cartão bancário em um país estrangeiro aciona alarmes e leva ao bloqueio temporário das transações. Pode ser um inconveniente para titulares de cartões legítimos que estão simplesmente viajando.

Vale ressaltar que esse problema não é exclusivo dos apps bancários. Restrições ou limitações semelhantes também podem se aplicar a vários outros programas, incluindo aplicativos de streaming de conteúdo, redes sociais e aplicativos indisponíveis em Google Play em alguns países, entre outros. Essas medidas são implementadas para garantir a segurança ou cumprir restrições regionais.

Use uma VPN com muitos servidores

Para minimizar os problemas ao usar uma VPN para acessar sua conta bancária, é recomendável usar um serviço VPN que ofereça uma ampla gama de servidores. Se você encontrar dificuldades, basta conectar-se a um servidor localizado em seu próprio país, como a Espanha. Ao fazer isso, o banco não detectará nenhuma atividade incomum, permitindo que você acesse sua conta sem problemas.

Ao selecionar um provedor de VPN, é crucial escolher um respeitável com um histórico sólido. Programas como Surfshark ou NordVPN são opções recomendadas, pois oferecem vários servidores, desempenho confiável e recursos de segurança robustos. É importante evitar o uso de serviços VPN inseguros com classificações ruins, pois podem representar riscos para seus dados sem o seu conhecimento.

O uso de uma VPN fornece segurança adicional ao usar redes públicas e permite acessar serviços geograficamente restritos. No entanto, lembre-se de que pode haver desafios ocasionais ao acessar aplicativos bancários. Ao utilizar um serviço VPN com uma ampla rede de servidores, você pode mitigar esses problemas e desfrutar de uma experiência online segura.