O Windows consome conexão com a Internet se você não a usa?

Dependendo do uso que você faz de seus dispositivos, você consumirá mais ou menos Internet. Por exemplo, simplesmente abrir o correio e enviar um e-mail não é o mesmo que abrir um serviço como YouTube or Netflix onde você vai assistir a vídeos em alta resolução e isso vai envolver um consumo muito maior. Agora, faz Windows consumir dados sem você perceber? Como isso pode afetar a largura de banda? Vamos explicar algumas situações.

O Windows consome conexão com a Internet se você não a usa

Como o Windows consome a Internet sem você saber

O Windows, bem como os aplicativos que você instalou, podem ser consumir a Internet de forma oculta sem você saber. Isso pode passar despercebido, mas também pode fazer com que sua conexão comece a funcionar mal quando chegar a hora. Isso nem sempre é uma coisa negativa, mas é bom saber quando isso pode acontecer.

atualizações

Sem dúvida, uma das razões pelas quais o Windows pode consumir muita largura de banda sem você perceber é por meio de atualizações. Quando um nova versão aparece, o sistema pode começar a baixá-lo sem que você perceba. Isso também pode afetar o desempenho do sistema.

Obviamente, instalar atualizações é algo positivo, pois permitem melhorar o desempenho e evitar problemas de segurança. Agora, é algo que em um determinado momento pode afetar a conexão. Pense, por exemplo, se você tem uma taxa de Internet limitada e de repente o sistema começa a atualizar e baixar arquivos grandes. Você pode ter problemas ao usar a nuvem ao mesmo tempo, assistir a um streaming de vídeo etc.

sincronizações automáticas

Também pode estar consumindo a Internet sem o seu conhecimento por meio de sincronizações automáticas. Por exemplo, ao usar onedrive ou Dropbox e você o configurou para sincronizar arquivos de uma pasta para que sejam armazenados na nuvem. Isso pode demorar um pouco, dependendo do número de arquivos e da conexão que você possui.

Logicamente, isso também consumirá recursos. Se você estiver compartilhando dados com o celular ou tiver largura de banda limitada, poderá até ter problemas. É algo que você deve ter em mente ao usar esse tipo de ferramenta para sincronizar arquivos automaticamente.

Mantenha a segurança e privacidade no Drive, Dropbox e OneDrive

Aplicativos em execução em segundo plano

Outro ponto a ser lembrado é o de aplicativos que funcionam em segundo plano e podem consumir dados da Internet sem você perceber. Pode ser qualquer programa que sincronize na rede, como pode ser qualquer programa para usar a nuvem. Esses programas podem consumir poucos recursos, mas também podem estar constantemente trocando muitas informações.

A forma ideal de evitar problemas neste caso é sempre verificar bem quais aplicativos estão conectados e como eles podem interagir na rede. Pode ser necessário definir aplicativos para não consumir dados em segundo plano ou fechá-los completamente.

malwares

Mais um caso a ser mencionado é o malware. Você pode ter um vírus no Windows sem você saber e isso pode causar um problema para sua conexão. Pode estar consumindo recursos e trocando dados com terceiros e, além de colocar sua segurança e privacidade em risco, também limitaria a conexão com a Internet.

Para evitar isso, é melhor ter sempre um bom programa de segurança. Um bom antivírus, como o próprio Windows Defender, é muito útil para detectar ameaças e eliminá-las o quanto antes.

Resumindo, como você pode ver, o Windows pode estar consumindo a Internet sem você saber. Existem várias razões pelas quais isso pode acontecer. É conveniente que você revise o uso da Internet no Windows e possa detectar qualquer anomalia para realizar ações que permitam evitar o consumo excessivo.