Aumentando a produtividade: usando seu iPad como monitor externo para seu Mac

Um número crescente de Mac os usuários estão descobrindo o iPad como o acessório definitivo para aumentar sua produtividade. Neste artigo, compartilharei minha experiência pessoal de usar o iPad como monitor externo com meu Mac e esclarecerei os motivos convincentes pelos quais esse esforço vale a pena.

mac ipad

As vantagens de utilizar o iPad como monitor externo

A integração perfeita entre o iPad e o Mac oferece uma experiência única e atraente ao utilizar o iPad como monitor externo. Representa um excelente meio de expandir naturalmente o seu espaço de trabalho digital, tudo dentro do coeso Apple ecossistema. A verdadeira magia está na transição fácil de janelas e aplicativos entre esses dispositivos, proporcionando uma experiência de usuário excepcional.

Imagine o cenário em que você pode levar seu iPad aonde quer que vá e transformá-lo facilmente em uma extensão do seu Mac. Seja para apresentar relatórios durante reuniões, estudar em uma biblioteca ou desfrutar de uma tarde produtiva em um café, utilizar o iPad como monitor externo amplia suas possibilidades e aumenta a produtividade em vários ambientes.

Se seu uso principal for dentro de sua casa, você pode configurar o iPad como um monitor externo usando um suporte magnético, por exemplo. Essa configuração em sua área de trabalho agiliza a multitarefa, especialmente ao lidar com várias janelas abertas durante suas sessões de trabalho.

Controle Universal: As Maravilhas do Ecossistema Apple

A base para essa experiência perfeita em ambos os dispositivos é o recurso Controle Universal. O Controle Universal permite que você controle intuitivo e sem esforço sobre seu iPad e Mac. Ele sincroniza tarefas perfeitamente e garante uma experiência descomplicada, tornando o iPad uma extensão ideal para o seu Mac.

Minha jornada pessoal com o iPad Air 5 e o MacBook Pro

Pessoalmente, tenho utilizado meu iPad Air 5 como monitor externo com meu confiável MacBook Profissional por um período prolongado. Minha experiência com essa configuração foi excelente. Além do mais, meu iPad Air 5 está equipado com o formidável chip M1, que oferece uma potência notável para um iPad. Às vezes, ele supera até o meu MacBook Pro 2019 com um Intel processador. Esse nível de desempenho me permite editar vídeos sem problemas com o Final Cut Pro no meu iPad.

Concluindo, o iPad como monitor externo não é apenas uma escolha prática; é uma ferramenta de aumento de produtividade. Se você ainda não explorou isso, aproveitar o iPad como monitor externo por meio da função Universal Control é uma abordagem indispensável, especialmente para usuários profundamente inseridos no ecossistema Apple. Além disso, todos os modelos de iPad oferecem qualidade de tela excepcional, com modelos recentes como o iPad Air e o iPad Pro aumentando ainda mais. A única desvantagem potencial pode surgir se você optar por um iPad Mini como monitor externo devido ao tamanho menor da tela, mas mesmo assim, alguns usuários acham que é uma experiência de usuário satisfatória.